Pagamento Especial por Conta cai 100 euros já em março

Janeiro 26, 2017
,

O governo aprovou esta quinta-feira o seu Plano B para contornar o chumbo da redução da Taxa Social Única. Em reunião, foi, assim, viabilizado um “princípio de redução progressiva do PEC e um regime simplificado de apuramento da matéria coletável”, afirmou Maria Manuel Leitão Marques, no briefing após o Conselho de Ministros.

 

 

António Costa, também presente no briefing aos jornalistas, detalhou as medidas, salientado que o PEC cai já em março para as empresas, estando em causa uma redução de 100 euros.

 

 

O que vai acontecer? “Em 2019 entra um regime simplificado alargado a outras empresas, redução da carga burocrática. Até 1 janeiro de 2019 haverá uma redução do pagamento especial por conta, quer em 2017 quer em 2018”, afirmou António Costa.

 

 

“Essa redução terá uma componente comum de 100 euros de abatimento à coleta, mais 12,5% do remanescente da coleta paga por cada empresa”. Terá um impacto financeiro sobre as empresas na mesma medida da redução da Taxa Social Única, confirmou António Costa.

 

 

Em causa estão 122 mil empresas, afirmou António Costa, “mais do que as que no ano transato beneficiaram desta medida”.

 

 

(em atualização)



by MSN Finanças